sábado, 12 de janeiro de 2008

Torres eólicas na Serra da Aboboreira e de Castelo de Matos

O Município de Baião admite realizar um referendo local para que a população do concelho decida se quer ver as serras da Aboboreira e Castelo de Matos preenchidas com aerogeradores eólicos.

Recentemente deu entrada na Câmara um pedido de parecer para instalação de 120 torres de produção de energia eólica, a repartir pelas serras da Aboboreira e de Castelo de Matos. A relação custos/benefícios do empreendimento para o concelho está a colocar o presidente da Autarquia entre a espada e a parede, ao ponto de José Luís Carneiro admitir avançar para um referendo.

http://jn.sapo.pt

4 comentários:

joaquim pinto disse...

Como baionense que sou, não tenho qualquer problema em ver as ditas serras com as torres eólicas.Até acho muito bem que a cãmara de baião autorize a colocação das torres. Temos que compreender que é para o bem do planêta logo, para o bem das gerações vindouras. meus amigos vamos olhar o futuro e o futuro são as renováveis.
um abraço
joaquim pinto

abilio dinis disse...

Abilio Dinis Como Baionense gostava de ver as serras a produzir energia e não poluir o planeta, e talvêz não estivesse tudo abandonado como está hoje.
Ao menos teriamos os caminhos transitaveis e não havia prejuizo para ninguem, pelo contrário só havia lucro.
Cumprimentos
Abilio Dinis

Manuel disse...

Pessoalmente não concordo com a instalação das referidas torres. Primeiro por uma questão estética e em segundo lugar porque não vai reduzir a factura da luz, pelo contrário esta tem é aumentado.Vento,vento é no litoral. Aí é que podiam investir nas eólicas e nas energias das ondas. E também porque aí se concentra a maior parte da população.

Anónimo disse...

Torres eólicas na Aboboreira? Uma aberração!Levem-nas para o litoral; aí há vento todo o ano e muitos ecologistas deitados na praia a apanhar banhos de sol.